Marcos Flávio Rocha debate o câncer de próstata localizado e o localmente avançado no Congresso Internacional de Uro-oncologia

Em sua primeira participação na edição deste ano do Congresso Internacional de Uro-oncologia, Marcos Flávio Rocha integrou a mesa que debateu o câncer de próstata localizado e o localmente avançado.

No primeiro caso, o tumor está restrito ao órgão inicial. Ou seja, não se espalhou para outras áreas do corpo (metástase). Já o câncer de próstata localmente avançado compromete órgãos vizinhos, como bexiga e reto.

O tratamento dependerá das áreas afetadas, nível de agressividade e ritmo da progressão da doença. Na maioria das vezes, será necessário combinar mais de um recurso terapêutico, como cirurgia, hormonioterapia e radioterapia. Além disso, o paciente deverá ser acompanhado continuamente, realizando consultas urológicas para monitorar se o câncer não retornou (recidiva).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s