Ensino e pesquisa

Desde a graduação em medicina, em 1994, pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Marcos Flávio Rocha já atuou em hospitais de referência e passa por contínua atualização de conhecimentos em medicina, por meio de cursos. Essa bagagem profissional e acadêmica o tornou referência em urologia e em cirurgia mininamente invasiva. Conhecimento que ele repassa para as próximas gerações de médicos cirurgiões que atuam no Ceará.

Foi professor, entre 2002-2004 e 2007-2009, da Universidade Federal do Ceará (UFC), instituição de referência que atrai o maior número de inscritos no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Em 2015, foram 178.598 candidatos.

A experiência resultou na elaboração de uma obra sobre a especialidade. Inovando na literatura acadêmica médica, professores da disciplina de Urologia da Universidade Federal do Ceará (UFC), entre eles Marcos Flávio Rocha, lançaram, em 2008, o livro “Urologia para Graduação”. Foi uma das primeiras publicações da área em língua portuguesa com conteúdo direcionado à formação dos universitários -abordando características das doenças, diagnóstico e tratamento -enquanto a maioria das obras até então disponíveis se destinava a especialistas ao destacar a descrição de técnicas cirúrgicas.

[Acompanhe, no perfil de Marcos Flávio Rocha na plataforma Lattes, cursos recentes feitos pelo especialista, obras e artigos científicos publicados e sua participação em eventos científicos]

Também atuou, entre 2009-2016, na Universidade de Fortaleza (Unifor), melhor centro de ensino no Norte-Nordeste, de acordo com o Ranking Universitário Folha 2014 levantado pelo Instituto de Pesquisa DataFolha. Na Unifor, ministrou aulas teóricas e práticas.

Além disso, coordena o módulo de Urologia do primeiro curso de pós-graduação lato sensu em cirurgia laporoscópica no Ceará, e um dos primeiros do país. Lançado em 2014 pela Unichristus, o curso reúne residentes e profissionais consolidados que buscam atualização profissional. Na metodologia de ensino empregada, os alunos recebem informações teóricas, têm contato com simuladores (como a “caixa preta”), e recebem suporte em procedimentos, sendo acompanhados em intervenções cirúrgicas por Marcos Flávio Rocha.

Marcos Flávio Rocha: Ircad

Referência internacional

Em 2014, Marcos Flávio Rocha passou a integrar o corpo docente internacional do Ircad (Instituto de Treinamento em Técnicas Minimamente Invasivas e Cirurgia Robótica; imagem acima), um dos principais centros mundiais de cirurgia laparoscópica. Trata-se de um pólo de excelência que permite aos grandes talentos da área acompanhar o desenvolvimento de tratamentos através de capacitações com professores renomados e acesso a equipamentos de ponta. Além do treinamento em cirurgia urológica, o Ircad promove treinamento em diversas especialidades cirúrgicas, como oncológica, bariátrica, sutura laparóscopica, dentre outras.

Localizado na França, o instituto capacita cirurgiões de todo o mundo. O conteúdo programático e os treinamentos são ministrados em duas línguas. Em francês, mais voltado para a comunidade francófona, ou em inglês, que atende profissionais multinacionais. É justamente nesse módulo que o médico Marcos Flávio Rocha contribui como professor de cirurgia urológica.

A instituição francesa também possui braços de atuação na Ásia (Taiwan) e em nosso continente. O Ircad América Latina foi inaugurado em 2011 e o médico Marcos Flávio Rocha acompanha essa trajetória desde o início, sendo um dos profissionais que colaboram para tornar a instituição o maior centro de referência em videocirurgia na região. Situa-se em Barretos, interior de São Paulo, anexo ao Hospital de Câncer da cidade, principal centro de tratamento e prevenção de Câncer da América Latina. O Ircad América Latina capacitou, em seus três anos iniciais, 2.400 médicos.