Tuberculose geniturinária

Em 2020, o Brasil registrou 66.819 casos de tuberculose, doença que inicia lentamente e com poucos sintomas. Sua evolução, porém, pode causar graves consequências para o indivíduo.

A doença pode ir além do comprometimento dos pulmões. Em cerca de 15% dos casos, a infecção pode se tornar geniturinária. Primeiro, a doença atinge os rins. Depois, segue para outros órgãos, como bexiga e próstata. Alguns dos sintomas possíveis são dor na região lombar, infecção urinária e sangue na micção. Todavia, o paciente pode demorar a apresentar essas alterações.

Há tratamento, mas ele é longo, se estendendo por pelo menos seis meses. Caso os medicamentos sejam abandonados antes da cura, a doença pode continuar sua evolução.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s