Câncer infantojuvenil: os principais tumores urológicos

No Brasil, o câncer representa a maior causa de morte decorrente de doenças em crianças e adolescentes. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), no período 2020-2022 serão diagnosticados 8.460 casos de neoplasias em pessoas entre 1-19 anos. O número de casos é similar ao dos EUA (10.500). Entretanto, o Brasil deve apresentar o dobro de mortes em relação aos EUA.

Quando observamos o gênero, os valores são próximos no Brasil. No triênio (2020-2022) devem ocorrer 4310 novos casos em garotos e 4150 em garotas. Os tipos mais comuns são leucemias, linfomas e tumores no sistema nervoso central.

Em relação às alterações urológicas, as mais comuns no público infantojuvenil são tumor de Wilms (rins) e tumor germinativo (células que dão origem aos testículos).

Quando diagnosticados na fase inicial, 80% dos cânceres em crianças e adolescentes são curados. Diferentemente dos adultos, o câncer entre jovens não está relacionado ao estilo de vida. Por isso, os responsáveis devem ficar atentos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s