Hábitos saudáveis auxiliam na prevenção do câncer

Os Departamentos de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e da Universidade de Harvard elaboraram conjuntamente um estudo que indica a importância de uma vida saudável na prevenção de diversos tipos de cânceres.

Sedentarismo, tabagismo, excesso de bebida alcoólica e alimentação precária são alguns fatores de risco. Por outro lado, praticar atividades físicas, manter uma dieta equilibrada, dentre outros hábitos saudáveis demonstram que o protagonismo individual é fator decisivo na saúde.

A pesquisa reforça orientações habituais já repassadas aos pacientes nos consultórios médicos. O trabalho destaca-se pela extensa base de dados utilizada e as projeções feitas a partir desses números.

Marcos Flávio Rocha participará de documentário sobre procedimentos minimamente invasivos

2019 04 MFR Entrevista Sobracil

Na semana passada, Marcos Flávio Rocha foi entrevistado pelo jornalista Ronaldo Ruiz, que está produzindo um documentário sobre a Sociedade Brasileira de Cirurgia Minimamente Invasiva e Robótica (Sobracil).

Ruiz está registrando depoimentos de ex-presidentes da entidade. Sobre sua gestão, Marcos destacou a ênfase dada à educação continuada. Foram realizadas jornadas científicas, reuniões mensais, dentre outros encontros.

Além de presidir a Sobracil, Marcos participou de cinco gestões da sociedade, em diversos cargos. Por isso, pode colaborar fornecendo ao jornalista uma visão ampla da trajetória da entidade.

Ao final, gravou um depoimento chamando todos os colegas para participarem do congresso nacional que a Sobracil realizará no ano que vem, em Fortaleza. Marcos faz parte do comitê científico responsável pela programação da urologia.

Brasileiros são os que mais pesquisam sobre saúde no Google

O surgimento de buscadores como o Google abriu um mundo de informações para todos. Esse conteúdo pode estar relacionado a fontes respeitadas ou questionáveis.

Na saúde, é cada vez mais comum as pessoas realizarem pesquisas sobre temas médicos. Já recebi pacientes que, inicialmente, optaram pelo caminho digital, mas que não se restringiram a ele. Em seguida, compartilharam suas dúvidas em consultas médicas.

Por outro lado, há quem não compreenda o que encontra online. Até porque muitas doenças apresentam sintomas similares, e alguns pacientes tendem a associar seu quadro clínico aos problemas mais graves, mesmo sem realizar exames médicos. Com isso, chegam ao consultório com muita ansiedade.

Há casos piores. Pacientes que, após encontrarem algo adverso online, ficam temerosos de confirmar o que possuem e não procuram o auxílio médico necessário. Sofrem em silêncio, o que pode agravar ainda mais sua situação clínica. A identificação precoce das doenças é um dos alicerces para a eficácia do tratamento.

8 de abril, dia mundial de combate ao câncer

2019 04 MFR dia de combate ao cancer

Ao longo do ano, fitas coloridas vão surgindo para conscientizar sobre questões de saúde. Em relação ao câncer, mais de 15 campanhas abordam tipos específicos da doença. Hoje, 8 de abril, unificamos nossa luta ao celebrar o dia mundial de combate ao câncer. A cada minuto, uma pessoa no país recebe o diagnóstico com a doença.

Evoluímos bastante no combate ao câncer. Há métodos de diagnóstico por imagem cada vez mais precisos. Os tratamentos atuais envolvem uma equipe multidisciplinar, que engloba cirurgiões, oncologistas e outros profissionais que atuam na reabilitação, como fisioterapeutas.

Mesmo nos casos mais graves -quando há metástase, ou seja, o tumor se espalhou para outros órgãos-, é possível melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

Na busca pelo bem-estar, o indivíduo tem papel ativo. No caso dos homens, é necessário realizar consultas anuais, a partir dos 45 anos, com urologistas. O diagnóstico precoce é determinante para a eficácia dos tratamentos. Em especial, do câncer de próstata, doença que causa mais mortes entre os homens.

Na rotina diária, devemos praticar exercícios, ter uma dieta equilibrada e evitar hábitos prejudiciais, como fumar e beber em excesso. 

Todo dia é dia de combater o câncer. Todo dia é dia de vencê-lo.

Câncer urológico: Novas formas de identificar tumores por imagem

2019 04 Exame PET_CT

A efetividade dos tratamentos dos cânceres urológicos depende do diagnóstico precoce dos tumores. Por isso, é animador acompanhar a evolução dos exames por imagem para detecção de câncer urológico.

Dois se sobressaem: ressonância magnética específica da próstata e PET/CT (imagem). Eles são capazes de identificar pequenas metástases no organismo. Alguns pacientes, após realizarem cirurgia ou sessões de radioterapia, podem apresentar elevação de PSA (proteína que a próstata produz normalmente).

Essa alteração pode estar relacionada a tumores menores, que não eram identificados por exames anteriores. Ademais, como esses exames são mais precisos, a necessidade de realizar biópsias tende a diminuir.

Imagem via bit.ly/2TIwz6m

Incontinência urinária na mulher

Muito associada aos homens, a urologia está apta a tratar diversas alterações do trato urinário, independente do gênero. Algumas doenças, inclusive, são muito frequentes em mulheres. Como a incontinência urinária.

Embora possa aparecer em qualquer idade, a perda involuntária de urina é mais comum entre os idosos. Isso ocorre porque o envelhecimento compromete a capacidade dos músculos responsáveis pelo controle da micção.

Alguns fatores contribuem para que a mulher desenvolva a incontinência urinária. O sistema urinário feminino conta com pouco amparo de outros órgãos e tecidos, tornando-o mais livre.

A quantidade de partos também pode influir no enfraquecimento dos músculos da região. Além disso, a menopausa influencia na diminuição de hormônios que colaboram para o controle da micção.

Há diversos caminhos para tratar a incontinência urinária, tais como cirurgia, fisioterapia e implante de prótese.

1ª Centro Oficial de Capacitação em Cirurgia Robótica do Brasil é inaugurado no Rio de Janeiro

Centro Oficial de Capacitação em Cirurgia Robótica do Brasil

Marcos Flávio Rocha esteve no Rio de Janeiro para participar da inauguração do 1ª Centro Oficial de Capacitação em Cirurgia Robótica do Brasil. Atualmente, há 45 robôs Da Vinci instalados no país. Como esse número mantém contínuo crescimento, o equipamento contribuirá para a qualificação do setor através de treinamentos que habilitam cirurgiões para atuação em centro cirúrgico robótico.

Vinculado ao Ircad Rio de Janeiro, polo de referência no treinamento de técnicas minimamente invasivas, o centro possui infraestrutura robusta. Destaque especial para o laboratório (foto), com simuladores específicos para cada especialidade cirúrgica.

Focado em atividades práticas, o centro ministrará treinamentos ao longo de todo o ano. Acompanhe o perfil do Ircad no Instagram (@ircadamericalatina) para saber o cronograma de atividades.

Robotic Radical Prostatectomy Meeting

Nesse fim de semana, o médico Marcos Flávio Rocha esteve em São Paulo para acompanhar o curso “Robotic Radical Prostatectomy Meeting”. O evento reuniu cirurgiões, residentes e profissionais de enfermagem para abordar a prostatectomia radical (retirada total da próstata) realizada com cirurgia robótica. Essa técnica é utilizada para tratar, por exemplo, o câncer de próstata. A iniciativa foi do hospital 9 de julho, que também sediou o curso.

Dividido em quatro módulos, o encontro evidenciou, na abertura, a importância da capacitação para comandar o robô Da Vinci e estratégias de planejamento cirúrgico.

Em seguida, as discussões focaram aspectos específicos da técnica (como dissecção retrógrada e tecnologia em fio) e a utilização da linfadenectomia (remoção de uma parte do sistema linfático) para evitar que o câncer se espalhe (metástase).

Por último, o curso apresentou formas de lidar com imprevistos cirúrgicos e aspectos do pós-operatório, como reabilitação peniana.

Cirurgia robótica no Bom Dia Ceará

2018 10 16 Bom Dia Ceará_colagem

A equipe do Bom Dia Ceará (TV Verdes Mares) visitou o hospital Monte Klinikum para demonstrar como funciona a cirurgia robótica. Marcos Flávio Rocha, coordenador médico da unidade, e Thais Moreno, diretora executiva do HMK, foram entrevistados (assista o vídeo). O material faz parte da série de reportagens “A Escolha da Profissão”.

Focada na medicina, a reportagem de hoje também cita a utilização da tilápia beneficiada para reconstruir tecidos humanos (uma iniciativa da Maternidade Escola, da Universidade Federal do Ceará).

Cirurgia robótica no jornal O Povo

2018 10 14 O Povo Robótica
A cirurgia robótica, técnica minimamente invasiva disponível no hospital Monte Klinikum, é um dos exemplos apontados pelo jornal O Povo de como a tecnologia está transformando a medicina.

O texto também cita wearables (acessórios como pulseiras monitoram, em tempo real, a condição do paciente), inteligência artificial (auxilia no diagnóstico de doenças) e plataformas digitais (contribuem na gestão hospitalar).

Os pacientes estão em sintonia com essas mudanças. Pesquisas indicam que o público apoia essas inovações, pois acredita que elas representam ganhos para a saúde, do diagnóstico ao tratamento.