500 cirurgias robóticas no Ceará

2019 05 500 cirurgias robóticas no HMK

Nesse mês, o Hospital Monte Klinikum atingiu a marca de 500 cirurgias robóticas realizadas. Essa história de êxito, inovação e trabalho em equipe começou em agosto de 2015, quando foi feita, em Fortaleza, a primeira cirurgia robótica do Norte/Nordeste/Centro-Oeste do país.

Coordenador médico, Marcos Flávio Rocha avalia que o crescimento do setor é contínuo. Desde a primeira cirurgia, a equipe aumentou, assim como a quantidade de robôs Da Vinci e de especialidades médicas atendidas (urologia, cirurgia bariátrica, cirurgia digestiva/colorretal, cirurgia torácica e ginecologia).

Marcos ressalta a importância de toda a equipe: cirurgiões, anestesistas, enfermeiras, profissionais da administração, responsáveis pela manutenção dos equipamentos, dentre outros. Ele também gostaria de saudar a administração do hospital, que não apenas confiou no talento dos médicos, mas investiu no treinamento, iniciado dois anos antes da primeira cirurgia. Além disso, Marcos lembra os médicos (nacionais e estrangeiros) que atuaram na capacitação, auxiliando a equipe nos anos iniciais a utilizar um centro cirúrgico robótico.

Panorama da cirurgia robótica no mundo

2019 02 Congreso Latinoamericano de Cirugía Robótica

Ontem, o Hospital Monte Klinikum (HMK) promoveu um encontro sobre o 1º Congresso Latino-americano de Cirurgia Robótica (México, 2019). Foi uma noite rica em dados sobre o assunto.

Atualmente, há 4.500 plataformas instaladas do robô Da Vinci no mundo. 67 países possuem centros de cirurgia robótica e 44 mil cirurgiões estão habilitados na técnica. Em Fortaleza, a tecnologia está disponível desde 2015, numa ação pioneira do HMK.

Segurança na cirurgia robótica

segurança cirurgia robótica

Zelar pela segurança da cirurgia robótica, dos preparativos à realização, é um dos alicerces de nossa atuação. Antes da cirurgia, observamos o quadro clínico do paciente para saber as doenças que ele possui, além da que será operada. Como ser diabético ou hipertenso, por exemplo. Também averiguamos os antecedentes familiares. O paciente igualmente passa por avaliação cardiológica prévia. Todos essas medidas buscam diminuir o risco de complicações, como tromboses.

Outra medida adotada é o preparo anestésico, quando é realizada uma consulta com o paciente para descobrir alergias, medicamentos em uso, dentre outros pontos. Quando a operação é considerada complexa, é definido que dois anestesistas participem da cirurgia.

Além disso, durante a capacitação para operar o robô Da Vinci, os cirurgiões aprendem todos os protocolos de segurança do sistema.

Preparo anestésico na cirurgia robótica

cirurgia robótica preparo anestésico

A cirurgia robótica começa bem antes da operação em si. Vários fatores são observados no pré-operatório. Um deles é o preparo anestésico. Esse foi o tema da aula que a colega e médica anestesiologista Riane Azevedo apresentou ontem, 24 de janeiro, no Hospital Monte Klinikum.

II Ciclo em Cirurgia Robótica Torácica

O Hospital Monte Klinikum realizou, na sexta e sábado, seu II Ciclo em Cirurgia Robótica Torácica. O treinamento abordou como a técnica minimamente invasiva permite que o médico alcance o pulmão e tecidos próximos através de pequenas incisões (no máximo, um centímetro). Ou seja, não há necessidade de intervir nas costelas, ossos que protegem essa região do corpo.

Hospital Monte Klinikum realizará seu primeiro Simpósio de Cirurgia Robótica

Marque na agenda: no dia 6 de dezembro (quinta-feira), o hospital Monte Klinikum realizará seu primeiro Simpósio de Cirurgia Robótica. O evento ocorrerá no auditório do hospital (rua República do Líbano, 747), a partir das 18h. Gratuito, o simpósio requer inscrição prévia através do telefone 40120012 (ramal 187 – falar com Suzana, secretária da direção do hospital).

A equipe do hospital estará reunida para abordar várias características do procedimento. Como ocorre o treinamento para habilitar o cirurgião a utilizar o robô Da Vinci; o tipo de anestesia utilizado e as operações mais comuns nas especialidades atendidas (urologia, cirurgia bariátrica, cirurgia digestiva/colorretal, cirurgia torácica e ginecologia) são alguns dos temas a serem debatidos.

No evento, o médico Marcos Flávio Rocha relatará a experiência de três anos do núcleo de cirurgia robótica do hospital. Além disso, fará uma palestra sobre prostatectomia robótica (a retirada total da próstata).