Segurança na cirurgia robótica

segurança cirurgia robótica

Zelar pela segurança da cirurgia robótica, dos preparativos à realização, é um dos alicerces de nossa atuação. Antes da cirurgia, observamos o quadro clínico do paciente para saber as doenças que ele possui, além da que será operada. Como ser diabético ou hipertenso, por exemplo. Também averiguamos os antecedentes familiares. O paciente igualmente passa por avaliação cardiológica prévia. Todos essas medidas buscam diminuir o risco de complicações, como tromboses.

Outra medida adotada é o preparo anestésico, quando é realizada uma consulta com o paciente para descobrir alergias, medicamentos em uso, dentre outros pontos. Quando a operação é considerada complexa, é definido que dois anestesistas participem da cirurgia.

Além disso, durante a capacitação para operar o robô Da Vinci, os cirurgiões aprendem todos os protocolos de segurança do sistema.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s