Câncer de testículos: o que é e como surge

Os testículos são glândulas sexuais masculinas. Cada homem dispõe de um par de testículos com forma ovalada localizados em uma bolsa de pele (saco ou escroto) que fica abaixo do pênis. A função dessas glândulas é produzir espermatozóides e testosterona (hormônio masculino).

Sintomas

O sintoma mais comum do câncer de testículo é o aparecimento de um nódulo que, geralmente, não provoca dor.

Outros indícios que também merecem investigação do urologista são: aumento ou diminuição do testículo, sensação de peso escrotal, dor na parte inferior do abdômen, sangue na urina e aumento da sensibilidade dos mamilos.

Fatores de risco

  • Jovens e adultos entre 15 e 40 anos;
  • História familiar de câncer de testículo;
  • Lesões e traumas no escroto;
  • Criptorquidia (quando os testículos de crianças não descem para o escroto).

Estatísticas

O câncer de testículo é responsável por 5% dos tumores malignos que afetam o homem. Estima-se que no Brasil a doença atinge 8.300 homens e mata 350 por ano. A doença apresenta baixo índice de mortalidade em comparação com outros cânceres masculinos, como o de próstata.


Leia também
Câncer de testículos: prevenção e tratamento
Saiba quais são as doenças urológicas mais frequentes