Cirurgia robótica beneficia recuperação pós-operatória

Nos primeiros 90 dias, a readmissão cai para metade, há uma redução de 77% na incidência de trombos venosos profundos e embolia pulmonar e o paciente apresenta menos feridas. Esses são alguns achados de um trabalho desenvolvido na Inglaterra sobre cirurgia robótica.

O estudo constatou também que há menos alterações na mobilidade aprimorada, bem como redução do tempo na cama. Tudo isso favorece uma alta hospitalar mais rápida.

Há outros parâmetros que igualmente foram favorecidos. Através de um medidor de passos, a pesquisa avaliou a atividade física dos pacientes. Houve melhora no condicionamento físico e na qualidade de vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s