O impacto da covid-19 nos tratamentos urológicos

Uma pesquisa mapeou de que formas a crise sanitária impactou a atuação dos urologistas brasileiros. Uma das mudanças mais implementadas foi a migração para o teleatendimento. 38,7% dos urologistas do país optaram por realizar consultas por vídeo. Por outro lado, por questões de segurança, grande parte dos profissionais diminuiu a realização de cirurgias eletivas.

Os urologistas contribuíram significativamente no combate ao novo coronavírus. 13% dos urologistas brasileiros contraíram a covid-19, ⅓ deles apresentou estado grave.

Intitulado “Impact of covid-19 on clinical practice, income, health and lifestyle behavior of brazilian urologists”, o estudo contou com a participação de 766 urologistas, que responderam 39 questões online. O jornal da USP fez um resumo do trabalho: jornal.usp.br/?p=339584

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s