Incontinência urinária na mulher

Muito associada aos homens, a urologia está apta a tratar diversas alterações do trato urinário, independente do gênero. Algumas doenças, inclusive, são muito frequentes em mulheres. Como a incontinência urinária.

Embora possa aparecer em qualquer idade, a perda involuntária de urina é mais comum entre os idosos. Isso ocorre porque o envelhecimento compromete a capacidade dos músculos responsáveis pelo controle da micção.

Alguns fatores contribuem para que a mulher desenvolva a incontinência urinária. O sistema urinário feminino conta com pouco amparo de outros órgãos e tecidos, tornando-o mais livre.

A quantidade de partos também pode influir no enfraquecimento dos músculos da região. Além disso, a menopausa influencia na diminuição de hormônios que colaboram para o controle da micção.

Há diversos caminhos para tratar a incontinência urinária, tais como cirurgia, fisioterapia e implante de prótese.